Teoria da Investigação Criminal Código: 9788538405726

  • Célio Jacinto dos Santos
DEL REY
FracoRegularBomÓtimoExcelente Sem avaliação
à vista no boleto bancário

Este produto será entregue por um de nossos parceiros

Produto Disponível: Previsão de Postagem em até 1 dia útil + tempo de transporte (conforme frete escolhido), após a confirmação do pagamento.
Avalie o produto:
Excelente

Características do Produto

Autor(es)
  • Célio Jacinto dos Santos
ISBN9788538405726
Numero de Páginas240
Numero de Edição1
Ano de Edição2020
EditoraDEL REY
Ano de Publicação2020
EncadernaçãoBrochura
OrigemNacional

Sinopse

Diante da carência de obras sobre investigação criminal que transcenda a produção jurídica ou técnica, a obra Teoria da Investigação Criminal apresenta proposta de análise do tema de forma ampla, sistematizando estudos sobre seu conceito, origem histórica, objeto, método, tipo, função e princípios da investigação criminal.

A obra é inovadora, também, quando apresenta e incorpora conceitos produzidos pela epistemologia, os quais subsidiam qualquer investigação, mas que pouco, ou quase nada, é enfrentado pela doutrina e pela práxis da investigação criminal. Destaca-se, a adoção do raciocínio abdutivo como ferramenta que subsidia a formulação de hipóteses criminais e orienta toda a investigação, chegando a constituir-se como um princípio da investigação criminal.

O autor enfrenta o apaixonante tema da investigação da criminalidade organizada, que requer atualização conceitual da investigação, apreciando de forma técnica e científica questões como a dificuldade criminalística, técnica especiais de investigação e meios ocultos de investigação.

Além da abordagem ampla e profunda do tema no seu conceito, objeto, método, tipo e função, o autor sistematiza alguns princípios específicos da investigação criminal, englobando aspectos técnico, lógico e jurídico que permeiam a matéria, os quais devem ser observados pelo operador investigativo. No mesmo sentido, o autor apresenta um decálogo epistemológico do bom investigador, com premissas sobre a validade do ato investigativo.

Sobre o Autor

Célio Jacinto dos Santos

Diretor e professor do Centro de Estudos de Investigação Criminal – CEICRIM. Mestre em Criminologia e Investigação Criminal pelo Instituto Superior de Ciências Policiais, Lisboa, Portugal. Especialista em Processo Penal pela PUC/MG, campus Poços de Caldas. Coordenador da Coordenação de Altos Estudos em Segurança Pública, da Academia Nacional de Polícia - ANP, atual Escola Superior de Polícia - PF, de 2008 a 2011. Professor em cursos EAD da ANP, de 2010 a 2016, nas disciplinas Teoria da Investigação Criminal, Direitos Humanos, Criminologia, Ciências Policiais, Organização Criminosa e Crimes Eleitorais. Delegado da Polícia Civil de São Paulo, de 1993 a 1999. Delegado de Polícia Federal aposentado em 2016. Editor Responsável e Presidente da Comissão Editorial da Revista Brasileira de Ciências Policiais, de 2010 a 2011. Avaliador da Revista Brasileira de Ciências Policiais, de 2013 até a presente data. Colaborador em obras coletivas sobre investigação criminal, polícia judiciária, segurança pública e crime organizado, e autor da obra Investigação Criminal Especial: seu Regime no Estado Democrático de Direito.


Minha Conta