Por que o Legislador quer Aumentar Penas? Código: 9788538405313

  • André Pacheco Teixeira Mendes
DEL REY
FracoRegularBomÓtimoExcelente Sem avaliação
à vista no boleto bancário

Este produto será entregue por um de nossos parceiros

Produto Disponível: Previsão de Postagem em até 1 dia útil + tempo de transporte (conforme frete escolhido), após a confirmação do pagamento.
Avalie o produto:
Excelente

Características do Produto

Autor(es)
  • André Pacheco Teixeira Mendes
ISBN9788538405313
Numero de Páginas286
Numero de Edição2019
Ano de Edição1
EditoraDEL REY
Ano de Publicação2019
EncadernaçãoBrochura
OrigemNacional

Sinopse

O tema central de investigação deste livro é o populismo penal. Um conjunto de práticas e discursos que impõe e reivindica intervenção penal mais dura. Uma das institucionalidades afetadas é o Poder Legislativo. Buscamos nesta obra apontar as evidências numéricas e não-numéricas que pudessem comprovar o fenômeno do populismo punitivo no âmbito da atividade legislativa da Câmara dos Deputados, no período de 2006 a 2014 no Brasil.



O trabalho do professor André Mendes ajuda a compreender nosso país e as transformações aceleradas pelas quais passa nossa democracia no que tange à produção legislativa em matéria penal. A expansão do controle penal - fruto do que Denninger chamou de substituição do paradigma de liberdade em segurança - tem íntima relação com o fenômeno do "populismo penal", desenvolvido ao longo do trabalho, que resulta em proposições legislativas contingentes, inúteis, discrepantes, indevidas e inexequíveis (capítulo 2).


Trecho do Prefácio do Dr. Thiago Bottino, professor e coordenador do Curso de Graduação em Direito da FGV DIREITO RIO. Vice-Presidente do IBCCRIM.


Sobre o Autor

André Pacheco Teixeira Mendes


Doutor em Direito pela PUC-Rio. Academic Visitor na Faculty of Law e Centre for Crimimology da University of Oxford, Inglaterra. Professor Pesquisador Adjunto da FGV DIREITO RIO. Membro do Centro de Justiça e Sociedade (CJUS) da FGV DIREITO RIO. Advogado Coordenador do Núcleo de Prática Jurídica (NPJ) da FGV DIREITO RIO. Associado ao Instituto Brasileiro de Ciências Criminais - IBCCRIM.


Minha Conta